Última hora

Última hora

Grécia: protestos tímidos enquanto deputados debatem legislação para aceder a resgate

Em leitura:

Grécia: protestos tímidos enquanto deputados debatem legislação para aceder a resgate

Tamanho do texto Aa Aa

Sem prestar atenção aos protestos no exterior, o Parlamento grego debate em contrarrelógio reformas legislativas essenciais para que o país aceda ao segundo plano de resgate.

Um dia depois da difícil “luz verde” da Zona Euro, os sindicatos gregos só conseguiram mobilizar alguns milhares de pessoas num novo protesto em Atenas contra as duras medidas de austeridade.

O secretário-geral da federação de funcionários públicos Adedy diz que “é um esforço e uma batalha constante. O objetivo é derrubar a política [do governo], que não exprime [a vontade do povo], que não está comprometido com os acordos [entre o executivo e a Zona Euro]”.

Mostrando a falta de confiança com a capacidade de recuperação da Grécia, a Fitch foi a primeira agência de notação financeira a baixar a nota da dívida soberana grega, para C, o último nível antes de um incumprimento.

A descida acontece no mesmo dia em que Atenas reviu em alta a previsão do défice deste ano, que subiu para 6,7 por cento do PIB.

Os deputados gregos deverão votar já esta quinta-feira os termos precisos da troca de obrigações com os credores privados validada em Bruxelas.