Última hora

Última hora

Rússia: Oposição não se deixa convencer

Em leitura:

Rússia: Oposição não se deixa convencer

Tamanho do texto Aa Aa

A exigência da Comissão Central de Eleições Russa para que as assembleias de voto estejam equipadas
com meios específicos que permitam acompanhar on-line o ato eleitoral, não satisfez minimamente as pretensões da oposição.

Este esforço, aparente ou não, para eleições justas e transparentes custou ao erário público cerca de 376 milhões de euros.

Na passada segunda-feira Medvedev recebeu no Kremlin membros da oposição.

Foi o primeiro encontro de alto nível entre ambas as partes, desde o início da onda de manifestações de descontentamento com Putin que varreu Moscovo
e outras cidades russas.

No final do encontro, os líderes da oposição sublinharam que a reunião não produziu nenhuns resultados imediatos.

No dia seguinte a polícia dispersou e prendeu manifestantes que protestavam em frente da
Comissão Central de Eleições Russa, exigindo eleições justas.

Segundo as autoridades cerca de vinte ativistas foram detidos por participarem numa manifestação pública não autorizada.

Depois de anos de apatia política, a Rússia foi apanhada de surpresa por uma vaga de manifestações que complicaram as pretensões de Putin à presidência da República.