Última hora

Última hora

Soldado afegão mata dois militares americanos

Em leitura:

Soldado afegão mata dois militares americanos

Tamanho do texto Aa Aa

O apelo dos talibãs à morte dos soldados estrangeiros no Afeganistão, não fez mais do que aumentar a tensão já latente nos últimos dias.

Por todo o país proliferam os protestos violentos. Seguindo literalmente o apelo feito em comunicado, um soldado afegão virou a arma para militares da força internacional e matou dois soldados.

Nas ruas, muitos civis pegam em armas. Pelo menos três pessoas foram mortas já esta quinta-feira, aumentando para 12 o número de vítimas mortais dos protestos.

A revolta começou depois de terem sido queimados exemplares do Corão na base norte-americana de Bagram, 60 quilómetros a norte de Cabul.

O governo americano e o comando da ISAF pedem desculpa pelo que classificam “um erro grave”.

O incidente surge na altura em que está previsto o início das negociações de paz entre os Talibãs e os Estados Unidos.