Última hora

Última hora

Cruz Vermelha começa a retirar feridos de Homs

Em leitura:

Cruz Vermelha começa a retirar feridos de Homs

Tamanho do texto Aa Aa

A Cruz Vermelha conseguiu obter um cessar-fogo no bairro de Baba Amro em Homs para retirar dezenas de civis feridos durante os ataques das últimas duas semanas.

Cerca de doze ambulâncias do crescente vermelho sírio acederam à zona sitiada, de onde transferiram até agora mais de vinte vítimas para um hospital nos arredores de Homs.

O ministro dos negócios estrangeiros francês Alain Juppé afirmou ter pedido ao representante francês na Síria para deslocar-se para Homs para poder organizar as operações para retirar os jornalistas feridos durante o ataque de quarta-feira.

As negociações prosseguem no terreno entre a cruz vermelha, as autoridades sírias e os rebeldes. Em declarações à euronews, um dos responsáveis no terreno afirma não ter para já garantias de que os jornalistas serão transferidos esta noite, como o exigiam, para um hospital no Líbano.

Como sublinha o porta-voz do comité internacional da Cruz Vermelha, “o objetivo das negociações em curso é o de evacuar todas as pessoas feridas, sem qualquer exceção”.

Para a organização as negociações desta noite são um primeiro passo para obter uma trégua humanitária para prestar ajuda à população, ao vigésimo primeiro dia de bombardeamentos em Homs.