Última hora

Última hora

Irão: oposição apela ao boicote das eleições

Em leitura:

Irão: oposição apela ao boicote das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição iraniana pede aos eleitores para que boicotem as legislativas de março.

Os partidos reformistas recusaram participar no escrutínio, alegando, não existem condições para que as eleições possam ser livres e justas.

Mir-Hossein Mousavi e Mehdi Karoubi que em 2009 encabeçaram os protestos contra a reeleição do presidente iraniano continuam em prisão domiciliária.

Os eleitores são chamados às urnas dentro de uma semana, mas muitos admitem não exercer o direito de voto.

“Eu nunca votei e não penso fazê-lo. Não acredito que o voto de pessoas como eu possam ter impacto nas eleições. E para quê votar se não tenho ninguém que me represente?” afirma um jovem iraniano.

Cerca de 3.400 candidatos vão apresentar-se na corrida às legislativas. Mas segundo os analistas, apenas, os mais próximos do líder supremo iraniano e de Mahmoud Ahmadinejad têm hipóteses de conseguir um lugar no parlamento.