Última hora

Última hora

Homem eletrocutado em protesto contra TGV

Em leitura:

Homem eletrocutado em protesto contra TGV

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou mal, o protesto em Piemonte, Itália, contra a linha de alta velocidade entre Lyon e Turim.

Um dos dirigentes históricos do movimento de oposição ao TGV ficou gravemente ferido, depois de cair de um posto de alta tensão com 10 metros de altura.

O homem de 37 anos manifestava-se, juntamente com cerca de duas dezenas de pessoas, contra o alargamento das obras para a construção da linha ferroviária.

Antes do acidente, ameaçou agarrar os cabos elétricos caso os trabalhos continuassem.

Tudo aconteceu em Chiomonte, numa zona considerada de interesse estratégico nacional.

A França e a Itália assinaram em 2001, o acordo para a construção da linha de alta velocidade, que vai permitir ligar as cidades de Lyon e Turin em cerca de duas horas.

Mas o projeto é fortemente criticado por uma parte da população do Vale do Susa, que considera tratar-se de uma obra inútil, onerosa e nada amiga do ambiente.

O projeto está avaliado em 20 mil milhões de euros.