Última hora

Última hora

Senegal: Oposição confiante numa segunda volta das presidenciais

Em leitura:

Senegal: Oposição confiante numa segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições presidenciais do Senegal deverão ter uma segunda volta. Esta é a convicção dos opositores do presidente Abdoulaye Wade, no dia seguinte ao escrutínio. A equipa de campanha do presidente cessante preferiu dizer que por enquanto não há dados que apontem para uma segunda volta. A Comissão Eleitoral prevê a publicação dos primeiros resultados provisórios na terça-feira a nível regional e na sexta-feira a nível nacional.

Nas ruas de Dacar são muitos os que celebram uma eventual segunda volta: “Vimos que o povo senegalês é maturo, as pessoas foram votar e fizeram-no de forma expressiva. O presidente estava à espera de ser reeleito à primeira volta mas mostrámos que estamos fartos dele e que agora pode ir embora.”

Tudo aponta para que Macky Sall seja o candidato da oposição que irá disputar uma eventual segunda volta com Abdoulaye Wade. Contudo, a data do escrutínio ainda não está marcada.

“É aqui, na sede de Macky Sall Macky, como dizem os senegaleses que se poderá jogar uma parte da segunda volta. Durante o dia, o vaivém de homens de negócios é um indicador de que o país pode estar a mudar. Contudo a prudência impera. Se Macky Sall quiser ganhar à segunda volta tem de unir uma oposição convicta mas bastante desunida – François Chignac, euronews, Dacar.”