Última hora

Última hora

Controladores aéreos de Frankfurt em greve de solidariedade

Em leitura:

Controladores aéreos de Frankfurt em greve de solidariedade

Controladores aéreos de Frankfurt em greve de solidariedade
Tamanho do texto Aa Aa

Os 200 controladores de terra do aeroporto de Frankfurt voltaram à greve na segunda-feira para tentar impor a suas reivindicações, mas o gestor aeroportuário, a Fraport, conseguiu operar mais de 80 por cento dos voos agendados.

Quarta-feira de manhã, em solidariedade com os grevistas, os controladores aéreos também irão paralisar Cerca de 400 voos serão afetados.

“Receio que o aeroporto de Frankfurt vá ficar um pouco paralisado. Penso que o que exigem é utópico. O que pedem é demasiado. É exagerado”, disse uma passageira.

“Eu despedia-os a todos. Um simples condutor ganhar tanto dinheiro…Eu li quanto ganham. Querem mais 70 por cento…É exorbitante”, disse um outro.

Os controladores de terra reivindicam aumentos salariais entre os 50 e os 70 por cento, reduções nos horários de trabalho e um aumento dos prémios de serviço, para ficarem equiparados aos seus congéneres do Aeroporto Internacional de Munique.