Última hora

Última hora

Síria: Desconhecido o paradeiro de Edith Bouvier

Em leitura:

Síria: Desconhecido o paradeiro de Edith Bouvier

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar de Nicolas Sarkozy ter revelado que a jornalista francesa Edith Bouvier foi levada para o Líbano, o jornal Le Figaro, para quem a jornalista trabalha, não confirma a notícia e diz que Bouvier ainda se encontra na Síria

Um porta-voz dos Comités de Coordenação Local, tinha indicado que Edith Bouvier e o jornalista britânico Paul Conroy foram retirados com êxito do país e levados para o Líbano.

Paul Conroy e Edith Bouvier ficaram feridos durante um bombardeamento do bairro de Baba Amr, em Homs, no qual morreram outros dois jornalistas ocidentais.

“Foram ultrapassados todos os limites da barbárie.
Os números que circulam são validados por organizações internacionais. Falamos de cerca de 8 mil mortos, centenas de crianças que foram mortas ou até torturadas.

Quando se vê o presidente sírio chegar a uma assembleia de voto de Damasco para um referendo vazio, quem se depara com este espetáculo sente uma indignação profunda”, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros francês Alain Juppé.

Bashar al-Assad, publicou esta terça-feira um decreto que determina a entrada em vigor imediata da nova Constituição, referendada no domingo.