Última hora

Última hora

TomTom prevê ano difícil

Em leitura:

TomTom prevê ano difícil

Tamanho do texto Aa Aa

As ações da TomTom estavam em forte queda face às fracas perspetivas anunciadas pela empresa. O maior construtor europeu de aparelhos de navegação móvel prevê que as vendas caíam este ano para 1,1 mil milhões de euros.

A empresa terminou 2011 com uma queda acentuada dos lucros e das receitas e antecipa uma queda da procura privada que não será ainda compensada pelos novos contratos assinados com a indústria automóvel e de telecomunicações.