Última hora

Última hora

Vladimir Putin sem rival nas últimas sondagens

Em leitura:

Vladimir Putin sem rival nas últimas sondagens

Tamanho do texto Aa Aa

A cinco dias das presidenciais russas, Vladimir Putin reforça a vantagem nas últimas sondagens que apontam para uma larga vitória à primeira volta e a 60% (Instituto VTsIOM).

O primeiro-ministro candidato, que voltou a basear a campanha no nacionalismo contra a influência ocidental – do exército à diplomacia – voltou hoje a deixar vários avisos à comunidade internacional durante um debate televisivo em que acusou a oposição de “desacreditar o sistema político”.

“A comunidade internacional tem de compreender que a Rússia é um país democrático, um parceiro seguro e fiável. Qualquer relação com o nosso país tem de respeitar um princípio de igualdade de tratamento. A Rússia está a aberta a parcerias baseadas em interesses mútuos, nos mesmos valores e nas mesmas experiências históricas. Este é o espírito com que estamos a criar a União euroasiática”.

Na segunda-feira, Putin tinha apresentado as suas prioridades em matéria de política externa, defendendo o reforço da cooperação com os países vizinhos, em oposição à influência norte-americana e da União Europeia na região.

O candidato tinha igualmente acusado a comunidade internacional de estar por detrás das manifestações da oposição contra a sua reeleição.

O antigo responsável da comissão eleitoral russa, Alexander Veshnyakov, acusou hoje o Kremlin de contribuir para o descrédito do sistema político, ao ter fechado os olhos às fraudes registadas nas últimas eleições.