Última hora

Última hora

Desemprego sobe na zona euro

Em leitura:

Desemprego sobe na zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

Tal como na zona euro, o desemprego em França subiu e os números são difíceis de digerir para o governo a escassos meses das presidenciais. Segundo uma sondagem, os franceses tem mais confiança no candidato presidencial socialista nesta matéria.

Em janeiro, França tinha uma taxa de desemprego de 9,8%, incluindo os territórios ultramarinos. Só na metrópole tinha quase 2,7 milhões de pessoas sem trabalho, ou seja, uma taxa de desemprego de 9,4 por cento, próxima do máximo registado em finais de 2009. Mas os jovens continuam a ser os mais penalizados. A taxa subiu para 22,4 por cento.

O desemprego aumentou também em Itália. Em janeiro, a taxa atingiu o recorde de 9,2 por cento, com quase mais três por cento no espaço de um mês, e entre os jovens já supera os 31 por cento.

Mas Itália e França ficam ainda assim abaixo da taxa média da zona euro que subiu para 10,7 por cento e longe dos 14,8% anunciados pelo Eurostat para Portugal, que tem a terceira mais elevada da zona euro.