Última hora

Última hora

Parlamento egípcio começa a debater comissão constituinte

Em leitura:

Parlamento egípcio começa a debater comissão constituinte

Tamanho do texto Aa Aa

O Centro Internacional de Conferências do Cairo assistiu este sábado à abertura de um debate crucial para a futura Constituição do Egito.

As duas câmaras do Parlamento egípcio realizaram a primeira de várias sessões conjuntas para escolher os 100 membros da comissão constituinte.

A formação da Irmandade Muçulmana – que detém a maioria na Assembleia – quer que 40 por cento sejam parlamentares, mas os liberais defendem que 80 por cento dos membros devem pertencer à sociedade civil.

O líder do partido islâmico Islah diz esperar “que a nova constituição seja clara a respeito dos três poderes [legislativo, executivo e judicial] e que nenhum ultrapasse a autoridade do outro. O poder judicial deve também ser independente e capaz de tomar decisões sem pressão”.

Um representante da direção do Movimento Juvenil Maspero, composto por cristãos-coptas, diz que quer “uma constituição representativa de todo o povo egípcio, com uma representação justa da juventude, das mulheres e das minorias”.

A comissão constituinte será designada no dia 24 e dispõe depois de seis meses para escrever a primeira Constituição da era pós-Mubarak antes de a submeter a referendo.

O correspondente da euronews, Mustafa Bag, diz que “há uma grande curiosidade sobre como o texto vai garantir o equilíbrio de poder entre o Exército e o parlamento. O que é certo, é que será uma tarefa complicada”.