Última hora

Última hora

Rússia: Oposição promete reforçar ações contra Putin

Em leitura:

Rússia: Oposição promete reforçar ações contra Putin

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições presidenciais russas foram descritas pelo chefe de campanha de Vladimir Putin como “as mais limpas da história”.

Por outro lado, a oposição denuncia fraudes e lembra que os resultados menos expressivos em Moscovo e São Petersburgo são animadores.

“Muitos russos, principalmente em Moscovo, não vão reconhecer Vladimir Putin como legítimo presidente. Mesmo que Putin sobreviva em março e nos próximos dois meses, antes de prestar juramento, ele foi ferido enquanto líder político, talvez até mortalmente. Não tenho a menor dúvida de que não sobreviverá nos próximos seis meses,” diz Gary Kasparov, que integra a coligação Outra Rússia.

Também na oposição, Mikhail Kasyanov, co-fundador do Partido Popular da Liberdade, lembra que a campanha anti-Putin está longe de esmorecer: “Temos um plano definido. Esse plano passa por protestar e continuar a pressionar as autoridades com um objetivo claro – eleições antecipadas. Compreendemos bem a essência da Constituição, tudo o que nos permite. Por isso exigimos reformas políticas, mudanças legislativas, para permitir aos partidos políticos a participação livre a todos os níveis das eleições.”