Última hora

Última hora

Oposição russa convoca novo protesto anti-Putin

Em leitura:

Oposição russa convoca novo protesto anti-Putin

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição russa está decidida a prosseguir os protestos contra a reeleição de Vladimir Putin.

Vários movimentos convocaram uma nova manifestação para o final da semana, depois dos protestos de ontem terem terminado com a detenção de cerca de quinhentos ativistas.

A polícia libertou hoje vários manifestantes, entre os quais o líder da Frente de esquerda, Serguei Oudaltsov e o militante anti-corrupção e blogger, Alexei Navalny.

“Vamos prosseguir os protestos por todos os meios possíveis, milhares vão voltar a ocupar as ruas de Moscovo e de várias cidades. Vamos prosseguir os protestos até conseguirmos vencer e cumprir os nossos objetivos”, afirma Navalny.

A maioria dos ativistas detidos ontem deverá no entanto enfrentar agora os tribunais, onde incorrem em penas que vão da simples multa até 15 dias de prisão, por infração das regras de manifestação.

Paralelamente à oposição, várias organizações e observadores internacionais exprimem dúvidas quanto aos resultados do sufrágio de domingo que assinala o regresso de Putin à presidência, com 63,30% dos sufrágios.

O Kremlin garante que vai investigar todas as alegadas fraudes.