Última hora

Última hora

Grã-Bretanha de luto pela morte de militares no Afeganistão

Em leitura:

Grã-Bretanha de luto pela morte de militares no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Seis soldados foram mortos na província de Helmand, no sul do Afeganistão.

Trata do acidente mais mortífero para as tropas britânicas desde 2006, e eleva a contagem geral de mortes para 404 desde a invasão do país em 2001.

O primeiro-ministro, David Cameron diz: “Este é um dia triste para o nosso país e para as famílias. É também a lembrança de que estamos a pagar um preço alto, pelo trabalho que estamos a fazer no Afeganistão. É um sacrifício muito grande para as nossas tropas mas que deve continuar”.

Os militares, cinco deles pertencentes ao terceiro Batalhão do Regimento de Yorkshire, patrulhavam a região quando o veículo de combate blindado em que estavam foi atingido por uma mina, a arma de combate preferida dos insurgentes taliban.

A Grã-Bretanha tem em torno de 9.500 soldados no Afeganistão.