Última hora

Última hora

México: Cidadã francesa condenada a 60 anos poderá ser libertada

Em leitura:

México: Cidadã francesa condenada a 60 anos poderá ser libertada

Tamanho do texto Aa Aa

Um juiz do Supremo Tribunal do México propôs libertar uma cidadã francesa que cumpre uma pena de 60 anos de prisão por sequestro.

Na sua moção o juiz Arturo Zaldivar, refere que foram negados os direitos fundamentais a Florence Cassez, de 37 anos.

O juiz refere ainda que o julgamento não foi justo,
que as declarações das testemunhas de acusação
não são fiáveis e que a acusada não foi levada perante um procurador imediatamente após ter sido detida, nem lhe foi permitida assistência consular.

O caso provocou consternação em França e Nicolas Sarkozy viu negado um pedido de transferência de Cassez para uma prisão francesa.

Um painel de cinco juízes do Supremo Tribunal do México irá votar na próxima semana a moção de Arturo Zaldivar. A aprovação de três será suficiente para que Florence Cassez seja libertada.