Última hora

Última hora

Sociais-democratas preferidos pelos eslovacos

Em leitura:

Sociais-democratas preferidos pelos eslovacos

Tamanho do texto Aa Aa

A Eslováquia vai a eleições legislativas, com as sondagens a preverem uma vitória da oposição social-democrata como consequência do escàndalo de corrupção que afetou o governo de coligação de centro-direita.

Os sociais-democratas do ex-primeiro-ministro Robert Fico reúnem 39,7 por cento das intenções de voto, segundo uma sondagem recente.

A confirmar-se, esta percentagem garante-lhes a eleição de 75 dos 150 deputados do parlamento, menos um que os necessários para a maioria absoluta.

Os partidos de centro-direita estão na cauda das sondagens, afetados pela publicação em dezembro de um polémico relatório sobre as relações entre dirigentes políticos e o grupo de investimentos Penta. O relatório, colocado na Internet por um anónimo e batizado “Gorilla”, divulgou conversas entre responsáveis políticos e quadros do Penta.

A divulgação do escândalo levou à criação, nas redes sociais de um movimento responsável por manifestações que chegaram a juntar dezenas de milhares de pessoas em Bratislava.