Última hora

Última hora

Espanha pede compreensão dos europeus para derrapagem do défice

Em leitura:

Espanha pede compreensão dos europeus para derrapagem do défice

Tamanho do texto Aa Aa

Numa Europa que exige mais rigor orçamental, Espanha espera que os europeus, na reunião do Eurogrupo, reconheçam os seus esforços para controlar as contas públicas.

Madrid quer evitar sanções de Bruxelas, depois de ter anunciado que o défice vai sofrer nova derrapagem este ano, devido à deterioração da situação económica.

Para 2012, Espanha prevê um défice de 5,8%, contra os 4,4% esperados por Bruxelas. A economia deverá contrair 1,7% e a taxa de desemprego subir para 24 por cento.

Peleas de Abajo, perto de Zamora, tornou-se no símbolo da derrapagem. É a localidade espanhola mais endividada, com 20 mil euros por cada um dos 241 habitantes.

As contas explodiram com a construção do lar de idosos.

Um habitante reconhece: “A dívida existia há anos e para sair agora é impossível. Se não houver uma administração ou um governo que nos ajude a sair da crise é impossível. Não nos preocupamos até agora, quando nos apercebemos da dívida que temos”.

Face ao problema, a aldeia eliminou o salário do presidente da junta, reduziu nas despesas dos outros membros, subiu todos os impostos e mesmos as festas de julho serão em versão “austeridade”.