Última hora

Última hora

Turquia: Justiça liberta quatro jornalistas acusados de conspiração

Em leitura:

Turquia: Justiça liberta quatro jornalistas acusados de conspiração

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça turca libertou quatro jornalistas indiciados num alegado caso de conspiração para derrubar o governo, o chamado caso Ergenekon. Dois são famosos jornalistas de investigação: Ahmet Şık publicou um livro sobre a alegada infiltração da polícia por um movimento islâmico; e Nadim Şener escreveu sobre a negligência policial na proteção do jornalista turco-arméno Hrant Dink, assassinado em 2007.

“Tentaram-me fazer pagar pela investigação que eu fiz sobre o homicídio de Hrant Dink” – afirmou Sener, hoje, à saída da prisão de istambul onde esteve detido um pouco mais de um ano. os jornalistas deverão voltar aos tribunais em junho.

O caso Ergenekon envolve militares, intelectuais e outras personalidades da sociedade turca. Trata-se de uma alegada conspiração ultranacionalista para derrubar o partido da Justiça e do Desenvolvimento, de inspiração islâmica.