Última hora

Última hora

Arábia Saudita encerra embaixada na Síria

Em leitura:

Arábia Saudita encerra embaixada na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A Arábia Saudita encerrou a embaixada em Damasco, na véspera do primeiro aniversário da revolução síria.
 
Depois de arrasarem Homs, no centro do país, as forças fiéis a Bashar al-Assad tomaram a cidade de Idlib, no noroeste da Síria ao fim quatro dias de bombardeamentos.
 
Dois jornalistas turcos foram, entretanto, dados como desaparecidos. Os profissionais contactaram pela última vez, o jornal para o qual trabalham há seis dias. Estavam na altura na cidade de Idlib, perto da fronteira com a Turquia.
 
Kofi Annan já recebeu uma resposta do presidente sírio, mas o teor do documento ainda não foi revelado.
 
No fim de semana, o enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe apresentou a Bashar al-Assad, em Damasco, propostas para acabar com a violência no país.
 
Uma missão que Annan vai explicar, amanhã, ao Conselho de Segurança das Nações Unidas.