Última hora

Última hora

Afeganistão: revelada identidade de soldado acusado de matar 16 civis

Em leitura:

Afeganistão: revelada identidade de soldado acusado de matar 16 civis

Tamanho do texto Aa Aa

A identidade do soldado acusado de matar 16 civis afegãos foi revelada esta sexta-feira. O sargento Robert Bales, de 38 anos, foi transferido para uma prisão militar nos Estados Unidos.

O presidente afegão, que esteve reunido com próximos das vítimas, sublinhou que a falta de cooperação das autoridades norte-americanas é “intolerável”.

Hamid Karzai acredita que “não é possível que tenha sido uma única pessoa [a cometer o crime]. Foram mortas pessoas em quatro quartos, mulheres e crianças. Depois foram levadas para o mesmo sítio, onde foram queimadas. A equipa de investigação afegã não teve a cooperação de que esperava por parte dos Estados Unidos”.

O Exército norte-americano diz que o sargento agiu sozinho, mas os familiares das vítimas recebidos por Karzai afirmam que entre 15 e 20 soldados estiveram envolvidos no massacre.

Cabul exige que o culpado – ou culpados – pelas 16 mortes em duas aldeias vizinhas da província de Kandahar seja julgado no Afeganistão.