Última hora

Última hora

Morreu o Papa Shenouda III do Egito

Em leitura:

Morreu o Papa Shenouda III do Egito

Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade cristã do Egito está debaixo de choque, com a notícia da morte do líder máximo da igreja copta – o Papa Shenouda III.

Durante as quatro décadas que durou o pontificado, Shenouda III foi uma referência tanto para cristãos como para a maioria muçulmana, uma figura respeitada em todo o país.

“Quero dizer que todos nós, incluindo os muçulmanos, amamo-nos uns aos outros e era essa a mensagem que ele passava. Quando ele falava, não falava só para os cristãos, falava para todos os egípcios e não eram só palavras. Ele plantava e colhia os frutos. Todos os egípcios estão de luto pela morte dele”, diz um cristão que participava nas cerimónias de homenagem.

Quando a notícia foi conhecida, os sinos tocaram no bairro de Abbasya, onde fica a catedral copta do Cairo.

Shenouda tinha 88 anos. Morreu devido a complicações causadas pela idade avançada.

Tornou-se no 117º Papa de Alexandria em novembro de 1971 e acompanhou momentos cruciais na história do Egito.

O sucessor vai ter de definir o papel da igreja copta no Egito pós-Mubarak.