Última hora

Última hora

Reino Unido: rede viária poderá ser vendida a privados

Em leitura:

Reino Unido: rede viária poderá ser vendida a privados

Tamanho do texto Aa Aa

A proposta foi avançada esta segunda-feira pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron, que justificou a decisão com a necessidade de captar mais investimentos para as vias de transporte.

Cameron rejeitou contudo a introdução de portagens nas auto-estradas já existentes. A serem aplicadas, as portagens abrangeriam apenas as novas vias a construir.

“Penso que precisamos de considerar abordagens inovadoras para o financiamento das nossas estradas de forma a aumentar o investimento e reduzir o congestionamento. As portagens são uma opção mas estamos apenas a considerar isto para novas vias e não para aquelas já existentes. Volto a sublinhar que não vamos introduzir portagens em estradas já construídas, trata-se de aproveitar melhor o dinheiro que os motoristas já pagam”, afirmou o primeiro-ministro britânico.

David Cameron afirma que o modelo usado na privatização da água nos anos 80 poderá ser agora aplicado nas estradas.

Em 2007, o antigo primeiro-ministro, Tony Blair, apresentou uma proposta idêntica que desencadeou uma vaga de protestos públicos.