Última hora

Última hora

Sarkozy apela à união face ao massacre de Toulouse

Em leitura:

Sarkozy apela à união face ao massacre de Toulouse

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, reagiu aos assassinatos de Toulouse numa alocução, esta manhã, a partir do Eliseu.

“Devemos estar unidos. Não devemos ceder nem à amálgama nem à vingança. Diante de tal acontecimento a França só pode elevar-se pela união nacional. Devemos isso às vítimas friamente assassinadas. Devemos isso ao nosso pais”.

Também o lider da oposição e candidato presidencial François Hollande reagiu aos crimes de Tolouse, avançou que a luta contra o terrorismo deve continuar.

“A luta contra os terroristas deve continuar sem cesso e sem fraqueza. Este combate é o combate de toda a república, para além de tudo, e para além daquilo que pode separar-nos em certos momentos. Estamos unidos em torno desta mesma causa, não podemos deixar um de nós ficar exposto à vontade dos terroristas. Temos de continuar o combate sem tréguas, é o nosso e o da republica”.