Última hora

Última hora

Obama quer investigação exaustiva à morte de jovem negro na Flórida

Em leitura:

Obama quer investigação exaustiva à morte de jovem negro na Flórida

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte-americano prometeu uma investigação exaustiva à polémica morte de um jovem negro na Flórida, alvejado por um vigilante.

O drama tem motivado uma indignação crescente nos Estados Unidos.

Trayvon Martin, de 17 anos, foi abatido a 26 de Fevereiro, quando passava a pé por um bairro residencial de Sanford, nos arredores de Orlando.

A partir dos jardins da Casa Branca, Barack Obama disse que a sua “principal mensagem é para os pais de Trayvon Martin. Se tivesse um filho, seria parecido com Trayvon. Eles têm o direito de esperar que todos nós, como americanos, tratemos este assunto com a seriedade que merece e cheguemos ao fundo da questão, para saber exatamente o que aconteceu”.

Apesar do jovem estar desarmado, o vigilante do bairro de Sanford alegou uma atitude ameaçadora e legítima defesa.

O vigilante – George Zimmerman, de 28 anos – refugia-se numa polémica lei patrocinada pelo poderoso “lobby” das armas e aprovada em 2005, que alarga as condições de exercício da legítima defesa.

A morte de Trayvon tem motivado manifestações quotidianas na Flórida que se alastraram a outros pontos do país, denunciando um “crime racial” e protestando contra a liberdade concedida a Zimmerman, enquanto aguarda eventuais acusações.