Última hora

Última hora

Robert Bales acusado da morte de civis no Afeganistão

Em leitura:

Robert Bales acusado da morte de civis no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Robert Bales, suspeito do massacre de 17 civis no Afeganistão, foi acusado, formalmente, das 17 mortes.

Segundo fonte militar o sargento norte-americano foi ainda acusado de seis outras tentativas de assassinato.

O militar de 38 anos está detido preventivamente na prisão militar de Fort Leavenworth, no Kansas, Estados Unidos da América.

Se for considerado culpado, Robert Bales pode ser condenado à pena de morte.

Os afegãos exigem um julgamento no país e que seja condenado à pena máxima.

“Exigimos que o tribunal dos Estados Unidos condene à morte o soldado norte-americano que massacrou os civis. Ele tem de ser enforcado pois merece a pena máxima. Queremos que a pena tenha por base a Sharia islâmica,” diz este afegão.

As organizações de defesa dos Direitos Humanos pedem transparência no julgamento.

O ativista Nader Nadery pede “ao governo dos Estados Unidos para divulgarem os resultados da sua investigação. Isso dará mais confiança ao público em relação os procedimentos do julgamento. Pedimos que informe o povo afegão de todas as etapas do julgamento.”

Robert Bales é acusado de, na noite de 11 de março, ter abandonado a base militar em Kandahar e de ter atacado duas aldeias da região.

Segundo as acusações Bales terá massacrado 17 pessoas, entre as quais mulheres e crianças.