Última hora

Última hora

França: Irmão de Merah e namorada transferidos para Paris

Em leitura:

França: Irmão de Merah e namorada transferidos para Paris

Tamanho do texto Aa Aa

O irmão de Mohamed Merah e a namorada foram transferidos esta manhã de Toulouse, onde estavam detidos desde quarta-feira, para as instalações da polícia antiterrorista em Paris.

Durante o período em que esteve detido em Toulouse, Abdelkader Merah, descrito como muito religioso e mais comprometido com o salafismo do que o irmão, disse que esteve presente durante o roubo da mota utilizada para matar três soldados de origem magrebina, um professor de religião e três crianças de uma escola judaica em Montauban.

Mohamed Merah estava sozinho no momento dos assassinatos, mas os investigadores querem saber quem poderá tê-lo ajudado na logística dos ataques e determinar se haverá uma estrutura embrionária ou uma rede por trás dos dois irmãos.

Abdelkader Merah disse à polícia que não estava ciente dos planos de assassinato do irmão.

O coordenador-geral dos serviços policiais, Ange Mancini, assegurou que Merah comprou armamento no valor de 20 mil euros. O jovem trabalhava numa oficina mecânica em Toulouse.

Mohamed Merah, de 23 anos, estava barricado em casa quando foi morto pela polícia na manhã de sexta-feira, após um cerco de 32 horas.

“É um incidente muito grave ocorrido num bairro muito tranquilo. Não fazíamos a menor ideia de que uma pessoa assim vivia tão perto de nós. O que ele fez é horrível e creio que ninguém o apoia”, disse uma vizinha que vivia no mesmo prédio de Mohamed.

A mãe do assassino confesso, que também tinha sido presa na quarta-feira, já foi posta em liberdade.