Última hora

Última hora

Médicos confirmam que Yulia Timoshenko precisa de cuidados médicos

Em leitura:

Médicos confirmam que Yulia Timoshenko precisa de cuidados médicos

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades médicas da Ucrânia admitiram, esta sexta-feira, que a antiga primeira-ministra, Yulia Timoshenko precisa, de facto, de cuidados médicos urgentes.

Timoshenko encontra-se a cumprir uma pena de sete anos de prisão por abuso de poder.

A ex-governante rejeitou um tratamento disponível na prisão, para as dores nas costas, e pediu para ser tratada numa clínica de Berlim.

O governo terá ignorado a proposta mas não rejeita que o tratamento seja realizado fora da prisão.

“Podemos falar de síndroma da dor crónica. Por isso oferecemos-lhe uma solução médica. Não rejeitamos isso e estamos prontos para realizá-la num hospital especializado, fora da prisão,” assegura Yuri Kotlyarevsky, do departamento de saúde de Kharkiv.
Segundo o partido Batkívchina, Yulia Timoshenko vai encabeçar a única lista da oposição às eleições legislativas da Ucrânia previstas para o próximo outono.