Última hora

Última hora

Reino Unido: Plano contra o consumo excessivo de álcool

Em leitura:

Reino Unido: Plano contra o consumo excessivo de álcool

Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido o governo de David Cameron anunciou um plano para reprimir o consumo exagerado de álcool e o comportamento antissocial que se tornou um problema em muitas cidades do país.

O plano inclui medidas que impedirão os supermercados de vender álcool a preços muito baixos e um aumento acentuado do preço da sidra, cerveja e bebidas espirituosas.

“É de loucos quando se pode comprar latas de cerveja por 25 pence ou dois litros de sidra por menos de duas libras.

Temos de resolver esse problema. Somos um governo radical que não tem medo de tomar medidas, arregaçar as mangas e fazer o seu trabalho”, sublinhou o Primeiro-Ministro.

Durante a campanha eleitoral David Cameron tinha prometido acabar com o consumo excessivo de álcool que custa aos contribuintes e ao Serviço Nacional de Saúde cerca de 2,7 mil milhões de libras por ano.

“Temos a responsabilidade social de proteger as nossas crianças, e não vejo que seja esse o caso, na publicidade quase ilimitada vista na TV”, disse um responsável da polícia.

Os supermercados e os fabricantes de bebidas, dizem-se contrários ao plano, argumentando que não existem provas da relação entre o preço e consumo de álcool.

O Partido Trabalhista acusou o governo de tentar divergir a opinião pública da reação negativa ao orçamento que o ministro das Finanças, George Osborne, apresentou na quarta-feira.