Última hora

Última hora

Senegal: Apelo à calma na segunda volta das presidenciais

Em leitura:

Senegal: Apelo à calma na segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

No Senegal o presidente da Comissão Eleitoral Autónoma fez um apelo à calma e à transparência na segunda volta das presidenciais deste domingo.

O Presidente senegalês Abdoulaye Wade, que está a tentar a sua terceira eleição consecutiva para o cargo, enfrenta na segunda volta das eleições presidenciais, o seu antigo primeiro-ministro, Macky Sall que aos 50 anos é candidato à Presidência pela primeira vez.

Com a oposição unida à sua volta e o apoio de numerosas organizações da sociedade civil, de movimentos de jovens e de personalidades famosas como o cantor Youssou Ndour, Macky Sall espera fechar o caminho ao atual Presidente.

“As pessoas estão na expectativa do que vai surgir das eleições, apesar de a maioria contar com a vitória de Macky Sall. Mas existe também muita tensão porque toda a economia está suspensa por agora”, sublinhou o comentador político Abdou Lo.

Abdoulaye Wade está a contar com os votos de quem se absteve na primeira volta com medo de sair à rua devido a atos de violência mas que são apoiantes do atual Presidente.