Última hora

Última hora

União Africana lança operação de captura de Joseph Kony

Em leitura:

União Africana lança operação de captura de Joseph Kony

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco mil soldados da União Africana iniciam este sábado uma missão de captura de Joseph Kony, um dos criminosos de guerra mais procurado do Tribunal Penal Internacional.

O líder do autoproclamado Exército de Resistência do Senhor é acusado de milhares de violações, mutilações e homicídios e de recrutar crianças soldados.

O representante especial da União Africana para o Contraterrorismo, Francisco Madeira, explicou que “a missão é parar o sofrimento provocado por Kony nas populações das áreas afetadas”.

Madeira frisou a importância da cooperação entre os quatro países em questão: Uganda, Sudão, República Democrática do Congo e República Centro-Africana, sendo esta última a localização mais provável de Kony, segundo a ONU.

Um vídeo colocado na internet pela ONG norte-americana Invisible Children – partilhado através das redes sociais – deu a volta ao globo e uma dimensão planetária à busca, mas a União Africana garante que a operação para acabar com as milícias de Kony estava prevista desde o ano passado.