Última hora

Última hora

Barack Obama alerta a Coreia do Norte

Em leitura:

Barack Obama alerta a Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Barack Obama no âmbito da sua visita à Coreia do Sul para participar na reunião de segurança nuclear que vai decorrer em Seul, alertou Pyongyang para as suas obrigações e o dever de as cumprir.

Esta é uma referência clara à intenção de a Coreia do Norte lançar um satélite em meados de abril.

Obama e o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak afirmaram ainda que Pyongyang corre o risco de sofrer novas sanções e um maior isolamento internacional se não cancelar os testes anunciados.

“A Coreia do Norte não conseguirá nada com ameaças ou provocações. A Coreia do Norte sabe quais são as suas obrigações e deve dar passos irreversíveis para cumprir essas obrigações. Nesta matéria os Estados Unidos e a Coreia do Sul estão unidos em absoluto”, disse o Presidente americano.

Entretanto, a Coreia do Norte termina hoje o luto de 100 dias imposto após a morte de Kim Jong-il a 17 de dezembro do ano passado com cerimónias em que participam apenas os líderes do país.

O palácio do Sol de Kumsusan foi o local escolhido para colocar os restos mortais de Kim Jong-il, junto aos do pai, Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte.

Kim Jong-il morreu vítima de um ataque cardíaco.