Última hora

Última hora

Síria: missão de Annan de novo à beira do fracasso

Em leitura:

Síria: missão de Annan de novo à beira do fracasso

Tamanho do texto Aa Aa

O enviado da ONU e da Liga Árabe para a Síria volta a esbarrar na inflexibilidade russa. De visita a Moscovo, antes de partir para Pequim, Kofi Annan reuniu-se com o presidente Dmitry Medvedev.

Apesar do apoio do Kremlin a um cessar-fogo imediato e ao diálogo entre oposição e regime, Medvedev voltou a não condenar o regime sírio.

“Esta pode ser a última oportunidade para evitar uma guerra civil duradoura na síria, no entanto nós vamos garantir todo o apoio necessário e possível à missão de Annan”.

Num comunicado, o ministro dos negócios estrangeiros russo, Serguei Lavrov, afirmou a necessidade de Annan pressionar a oposição a dialogar, voltando a apontar a suposta interferência estrangeira na Síria.

As discussões ocorrem num momento em que o exército contina a bombardear Homs e várias cidades junto à fronteira com a Turquia, na rota de milhares de refugiados.