Última hora

Última hora

Irmão do assassino de Toulouse acusado de cumplicidade

Em leitura:

Irmão do assassino de Toulouse acusado de cumplicidade

Tamanho do texto Aa Aa

O irmão do assassino de Toulouse foi acusado, este domingo, de cumplicidade nos sete crimes, de associação criminosa, com o objetivo de preparação de atos de terrorismo, e de roubo da scooter utilizada por Mohamed Merah nos homicídios.

De acordo com a advogada de Abdelkader Merah, o suspeito nega as acusações, recusa ser um bode expiatório e condena os assassinatos.

“Houve muitas fugas de informação que são falsas, nomeadamente que ele teria dito estar orgulhoso dos atos do seu irmão. Ele quer deixar bem claro que isso é falso. Ele nunca disse que estava orgulhos dos atos do seu irmão” – afirmou Anne-Sophie Laguens.

Abdelkader Merah, de 29 anos, é suspeito de providenciar uma ajuda logística ao irmão mais novo, autor confesso do assassínio de três militares e de quatro judeus. O acusado tem um passado ligado a uma fileira de recrutamento de “jihadistas” com destino ao Iraque.