Última hora

Última hora

Defesa de Strauss-Kahn promete lutar contra acusações

Em leitura:

Defesa de Strauss-Kahn promete lutar contra acusações

Tamanho do texto Aa Aa

Os advogados de Dominique Strauss-Kahn contestam as acusações de “proxenetismo” contra o ex-patrão do Fundo Monetário Internacional.

A equipa de defesa anunciou também que pretende lutar contra a decisão da Justiça francesa de proibir qualquer contacto entre Strauss-Kahn e os meios de comunicação ou qualquer das outras partes envolvidas no processo.

Em conferência de imprensa, um dos advogados, Henri Leclerc, defendeu que “há um dossiê que mobiliza três juízes e todos os serviços de polícia, simplesmente por causa de 2 ou 3 reuniões libertinas por ano, durante cinco anos”.

Strauss-Kahn é acusado de “cumplicidade agravada em rede organizada de proxenetismo”, num escândalo de prostituição que se terá desenrolado no hotel Carlton de Lille, cidade do norte de França.

Caído em desgraça pela primeira vez em Maio do ano passado com as acusações de violação de uma empregada de hotel em Nova Iorque, o ex-patrão do FMI é uma figura cada vez mais contestada. Este mês, uma conferência em Cambridge terminou com uma evacuação policial face a um agitado protesto.