Última hora

Última hora

Greve na Alemanha deixa passageiros em terra

Em leitura:

Greve na Alemanha deixa passageiros em terra

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de voos foram anulados na Alemanha devido à greve dos trabalhadores do setor público nos aeroportos.

A paralisação convocada pelo sindicato Verdi – que representa dois milhões de trabalhadores – está a afetar, sobretudo, os serviços de tráfego em terra, manutenção e carga e descarga das aeronaves.

“As nossas reivindicações são claras. Queremos compensar a perda de salário registada ao longos dos últimos anos nos aeroportos com aumentos que estão a ser negociados, mas exigimos também um bónus para compensar as responsabilidades acrescidas que temos desde o 11 de setembro” afirma o dirigente sindical, Hakan Guelcicek.

Exigências que passam por aumentos salariais de 6,5 por cento, acrescidos de 200 euros mensais para cada trabalhador.

Os passageiros apanhados pela paralisação acreditam que é a mesa das negociações que se resolvem os problemas:

“Não concordo com a greve porque acredito que os problemas podem ser resolvidos de outra maneira.”

“Penso que a paralisação é má. Felizmente não fui afetado, mas há pessoas que estão muito chateadas. É uma dor de cabeça para quem tiver que ficar à espera até conseguir um voo.”

Imagens como estas podem voltar a repetir-se caso não seja alcançado um acordo. A próxima ronda negocial arranca amanhã e estende-se até quinta-feira.