Última hora

Última hora

Bento XVI discute o futuro da igreja com Raul Castro

Em leitura:

Bento XVI discute o futuro da igreja com Raul Castro

Tamanho do texto Aa Aa

Bento XVI reuniu-se com o presidente Raul Castro no final do segundo dia da visita a Cuba. A conversa decorreu no palácio presidencial, em Havana, e durou 40 minutos. O Papa pediu a Raul Castro que transforme a sexta-feira santa num dia feriado, revelou o porta-voz do Vaticano. Há 14 anos João Paulo II tinha pedido o dia de Natal, com sucesso. Bento XVI enunciou as expectativas da igreja cubana para que se possa desenvolver e contribuir para o bem-estar do povo cubano.

As questões políticas ficaram fora da conversa. Contudo, antes de Bento XVI viajar para Havana, evocou numa oração “as necessidades dos que sofrem, dos que estão privados de liberdade.”
Neste contexto, o incidente de segunda-feira, em Santiago de Cuba preocupa os dissidentes. Antes da missa começar, um homem foi detido quando começou a gritar: “Abaixo a revolução, abaixo a ditadura”. O diretor da Comissão Cubana dos Direitos Humanos denuncia: “Ainda não sabemos a identidade deste jovem nem o seu paradeiro. Ele foi brutalmente agredido por agentes do regime.”