Última hora

Última hora

Ninguém quer Mohamed Merah  

Em leitura:

Ninguém quer Mohamed Merah  

Tamanho do texto Aa Aa

O funeral de Mohamed Merah, agendado para a tarde desta quinta-feira, em Toulouse, foi adiado por 24 horas. O anúncio foi feito pela câmara municipal da cidade que considerou inoportuno que o funeral seja em Toulouse. 
  
As autoridades da Argélia recusaram, também, a trasladação do corpo do islamita simpatizante da al-Qaeda que confessou ter assassinado três militares, um rabi e três crianças judias.
 
O pai do jovem de 23 anos disse, já, que pretende processar o estado francês por “ter matado” o seu filho. O imigrante argelino defende que a polícia tinha condições para ter feito a detenção sem mortes.
 
Mohamed Merah foi abatido pelas forças policiais francesas depois de um cerco, ao apartamento da família, que durou mais de 30 horas.
 
As autoridades de Toulouse investigam, ainda, o possível envolvimento e cumplicidade do irmão mais velho, Abdelkader, numa altura em que continuam a surgir novas pistas sobre o caso.