Última hora

Última hora

OCDE: Zona euro é o elo fraco do crescimento do G7

Em leitura:

OCDE: Zona euro é o elo fraco do crescimento do G7

Tamanho do texto Aa Aa

Os países da zona euro são, para a OCDE, o elo fraco do crescimento económico do grupo dos sete países mais industrializados (G7).
 
Segundo Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), as economias do G7 crescer em média, em termos anuais, 1,9 % nos dois primeiros trimestres deste ano.
 
O economista chefe da instituição, Pier Carlo Padoan, explica que “os riscos macroeconómicos diminuíram, são agora menores, mas não desapareceram. Se olharmos para o G7 a retoma económica é sólida, tendo em conta os números do ano passado, mas há como é óbvio velocidades diferentes. A América do Norte, a começar pelos Estados Unidos, aceleraram e a zona euro continua a ser um ponto fraco”.
 
A OCDE prevê que Estados Unidos cresçam 2,9% neste primeiro trimestre. Já a França deverá sofrer uma contração de 0,2 por cento. A Alemanha ficar quase estagnada, com um crescimento de apenas 0,1 por cento, e a Itália afundar-se na recessão, com -1,6% no primeiro trimestre.
 
A organização reitera, por isso, o apelo à manutenção das taxas de juro baixas por parte dos bancos centrais e ao reforço dos fundos europeus de emergência.