Última hora

Última hora

Espanha revela medidas para poupar 27 mil milhões de euros este ano

Em leitura:

Espanha revela medidas para poupar 27 mil milhões de euros este ano

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha tem pela frente meses difíceis depois do governo ter anunciado as medidas que vai impor para reduzir o défice público de forma drástica.

Madrid tinha avisado que o orçamento para 2012 seria o mais duro da história do país, para aliviar a pressão europeia e dos mercados, e a prova chegou esta sexta-feira. Os ministérios sofrem cortes na ordem dos 17 por cento, os impostos e a eletricidade vão subir e os salários na função pública ficam congelados.

Soraya Sáenz de Santamaria, vice-presidente do governo, afirmou que estão decididos “a implementar todas as medidas necessárias para mudar a situação do país”,abraços com um défice público e desemprego elevados, “para que possa voltar a crescer e a criar postos de trabalho”.

Madrid quer poupar mais de 27 mil milhões de euros e vai aumentar em 4,3% o imposto sobre os rendimentos e quase 18% os impostos às empresas. O objetivo é reduzir o défice dos atuais 8,5% do PIB para 5,3 por cento.

O governo decidiu avançar com a austeridade, apesar da forte contestação social, e no final apenas não toca no IVA, para não afetar o consumo e a retoma económica, num contexto que já é desfavorável.

A economia espanhola deverá afundar 1,7% este ano e o desemprego disparar para os 24 por cento.