Última hora

Última hora

Hungria: Presidente não se demite

Em leitura:

Hungria: Presidente não se demite

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente húngaro, Pál Schmitt, reiterou a intenção de não se demitir do cargo após a Universidade de Medicina “Semmelweis” de Budapeste lhe ter retirado o título de doutor por plágio da tese de doutoramento.

A oposição exige a renúncia, porque o plágio ensombra a honestidade exigida a um chefe de Estado.

“Não vejo qualquer ligação entre o título e o cargo, embora muita gente pense o contrário. Mantive o silêncio porque pensei que cedo ou tarde a verdade virá ao de cima. Agora, que o assunto se tornou uma questão de honra, como Presidente e como Pál Schmitt luto por mim e pela verdade”, afirmou o presidente húngaro.

A comissão encarregada de estudar as acusações concluiu que a tese cumpria o que era exigido em 1992 pela Universidade de Educação Física, integrada entretanto na de Medicina.

Contudo, a mesma comissão confirmou que grande parte da investigação consistiu na tradução literal de outras fontes, não assinaladas no trabalho académico.