Última hora

Última hora

Grécia: Crise diminui apetite sexual

Em leitura:

Grécia: Crise diminui apetite sexual

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo um estudo levado a cabo por sexólogos, devido à crise a atividade sexual dos gregos diminuiu e a infidelidade aumentou.

O estudo foi solicitado pelo Instituto de Andrologia de Atenas após o número de solicitações ter aumentado exponencialmente nos últimos dois anos.

“Os problemas financeiros e a atividade sexual estão ligados porque existe uma espécie de depressão. Não há dinheiro, não há trabalho e não se perspetiva nenhum futuro. Tudo isto leva à melancolia e à depressão que provocam a diminuição da atividade sexual”, explicou o presidente do instituto.

O estudo publicado no dia 29 indica também que o número de casamentos diminuiu cerca de 76 por cento.

“A vida sexual dos meus filhos, sim, foi muito afetada. Quanto à minha, já pus isso de lado”, disse uma ateniense de 63 anos.