Última hora

Última hora

Mali vive momentos cada vez mais difíceis

Em leitura:

Mali vive momentos cada vez mais difíceis

Tamanho do texto Aa Aa

O Mali está casa vez mais isolado. Se até segunda-feira a ordem não for restabelecida a comunidade internacional ameaça com sanções.

Já a junta militar, que derrubou o Presidente Amadou Toumani Touré, pede ajuda à Comunidade dos Estados da África Ocidental para derrotar a rebelião tuaregue no norte do país.

O Capitão Amadou Sanogo, da Junta Militar lança o apelo:

“Repetimos o nosso convite à Comunidade dos Estados da África Ocidental para analisar, profundamente, a situação do Mali neste momento. Pedimos-lhe que analise os motivos que levaram a esta situação.”

As sanções podem tornar a situação do país mais difícil já que passam pelo congelamento e bloqueio financeiros. Para além do encerramento das fronteiras.

O Médico Benois Dembele desabafa:

“As sanções são muito severas e desproporcionais. Aplicá-las não pune apenas a junta mas toda a população do Mali que já está a empobrecer, principalmente devido aos problemas da guerra no norte. Isso vai apenas enfraquecer e empobrecer mais o Mali.”

A situação no país é extremamente complexa. Esta sexta-feira, os rebeldes tuaregues e os grupos islamitas armados tomaram a cidade estratégica de Kidal, no nordeste do país aumentando a instabilidade.