Última hora

Última hora

Greenpeace diz que poluição no mar do Norte está a alastrar

Em leitura:

Greenpeace diz que poluição no mar do Norte está a alastrar

Tamanho do texto Aa Aa

A mancha de poluição no mar do Norte está a alastrar e pode ter consequências significativas no ecossistema.

O alerta é dado por ativistas da Greenpeace que decidiram recolher amostras de água para análise, a poucos quilómetros da plataforma da Total onde se deu uma fuga de gás.

A petrolífera francesa minimiza o impacto do acidente a nível ambiental.

A Greenpeace tem outra opinião. Um ativista explica que encontraram petróleo na superfície da água e que no ar há um cheiro intenso a químicos.
Constatações feitas, adianta, a cinco quilómetros da plataforma onde, ainda, assim é possível sentir a contaminação e a poluição no meio ambiente e o perigo que representam.

A fuga foi detetada há uma semana na plataforma da Total, situada a 240 quilómetros da cidade portuária de Aberdeen, na Escócia, e os trabalhadores evacuados devido ao risco de explosão.

A petrolífera anunciou que pretende avaliar, nos próximos dias, o nível de segurança na plataforma antes de avançar com qualquer tipo de intervenção.

Este já foi considerado o mais grave acidente dos últimos 10 anos, no mar do Norte, para o grupo francês acusado de falta de transparência.