Última hora

Última hora

Advogada diz que Merah foi "usado" pela secreta francesa

Em leitura:

Advogada diz que Merah foi "usado" pela secreta francesa

Tamanho do texto Aa Aa

O pai de Mohamed Merah prepara queixa contra o Estados francês pela morte do filho.

A advogada da família anunciou, em conferência de imprensa, que vai avançar com um processo contra a polícia francesa

Zahia Moktari assegura ter dois vídeos do momento em que o jovem foi abatido e afirma que o jovem era «informador» dos serviços secretos franceses, morto para esconder a verdade».

«Tenho dois vídeos idênticos, de 20 minutos cada um, nos quais Mohamed Merah diz aos polícias franceses “porque me matam?”

«Vou entregar à Justiça francesa os vídeos e indicar o nome de três pessoas para serem ouvidas – uma é responsável dos serviços secretos e duas outras de nacionalidades diferentes», acrescentou a advogada.

A tese baseia-se nas estranhas viagens de Merah a Israel, territórios palestinianos, Jordânia, Afeganistão e Paquistão que teriam decorrido «com cobertura» da secreta francesa.

A advogada sublinha que ele «foi manipulado e utilizado pelos serviços secretos franceses e depois liquidado.