Última hora

Última hora

Fluxo de refugiados sírios rumo à Turquia aumenta nos últimos dias

Em leitura:

Fluxo de refugiados sírios rumo à Turquia aumenta nos últimos dias

Tamanho do texto Aa Aa

O número de sírios em busca de refúgio na Turquia aumentou consideravelmente nos últimos dois dias. Na quinta-feira perto de 3.000 civis cruzaram a fronteira na região de Idlib. Este fluxo de refugiados levou o chefe da diplomacia turca, Ahmet Davutoglu, a ter uma conversa telefónica de caráter urgente com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, explicando-lhe que o exército sírio está a operar junto à fronteira turca. Uma situação testemunhada por um residente de Taftanaz: “Somos um grupo de dez homens e viemos visitar as nossas famílias. O exército destruiu as nossas casas e há mais de 270 mártires em Taftanaz. Há imensos cadáveres debaixo dos escombros, mas não conseguimos retirá-los. A cidade está destruída.”

De acordo com fonte oficiais turcas, o país acolhe atualmente 24 mil refugiados sírios. Na quinta-feira o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou novamente o presidente sírio de falta de honestidade. Bashar al-Assad aceitou o plano do emissário da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, que prevê a retirada dos tanques das localidades e um cessar-fogo no dia 10 de abril. Mas por enquanto é o som das armas que se faz ouvir por todo o país.