Última hora

Em leitura:

Trabalhadores da ArcelorMittal marcham sobre Paris


França

Trabalhadores da ArcelorMittal marcham sobre Paris

Torre Eiffel à vista, para os operários da ArcelorMittal que vieram até à capital, a pé, para sensibilizarem os candidatos presidenciais, para os seus problemas.

Os empregos estão em risco, apesar de a fábrica continuar a faturar. Foram oito dias, a caminhar, para percorrer os 350 quilómetros que separam Paris de Florange.

A siderurgia tem encomendas, mas falta qualquer coisa, como diz um operário:

“Sim, o Sr. Mittal não nos quer. E fectivamente ele quer deixar-nos, há concorrentes que querem o nosso ‘knowhow’, as nossas competências. Está-se à porta da Europa, temos um ‘knowhow’, de competências. Mas não se pode trabalhar”.

Outro operário, completa:

“Esta marcha é uma chamada de atenção, para dizer que o sistema está doido que temos uma fábrica que ganha dinheiro, mas não temos garantia de emprego”.

Os representantes sindicais esperam agora ser recebidos por todos os candidatos presidenciais, para exporem a situação da fábrica, uma das maiores unidades do leste da França. Eles acreditam que se pretende encerrar a fábrica, para facilitar a vida da concorrência.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Vice de Mubarack é candidato presidencial