Última hora

Última hora

Cubanos gozam feriado da Sexta-feira Santa inédito desde a revolução

Em leitura:

Cubanos gozam feriado da Sexta-feira Santa inédito desde a revolução

Tamanho do texto Aa Aa

A Sexta-feira Santa foi um dia feriado em Cuba pela primeira vez desde a revolução, em 1959. Quando Fidel Castro subiu ao poder aboliu os feriados religiosos. Em 1998, João Paulo II visitou o país e pediu ao presidente cubano para conceder um dia feriado no Natal. Agora, foi a vez de Bento XVI efetuar um pedido semelhante quando esteve em Cuba no final de março.

O governo esclareceu que a decisão de transformar a Sexta-feira Santa num feriado permanente ainda não foi tomada. Para já, o gesto foi apreciado.

Excecional foi também a transmissão pela televisão pública da missa da Sexta-feira Santa na catedral de Havana. O governo espera que a igreja católica ajude a suster a crise social que a transformação do modelo económico do país deverá gerar.