Última hora

Última hora

Problemas da família no centro das cerimónias da Via Sacra

Em leitura:

Problemas da família no centro das cerimónias da Via Sacra

Problemas da família no centro das cerimónias da Via Sacra
Tamanho do texto Aa Aa

Os problemas das famílias nestes tempos de crise económica, ideológica e moral, marcaram as alocuções desta Sexta-feira Santa, em Roma.

O Papa Bento XVI, que completa 85 anos este mês, presidiu às cerimónias da Via Sacra, junto ao Coliseu romano, que hoje recorda o sofrimento dos primeiros cristãos.

O sumo pontífice apelou na ocasião às famílias para contemplarem a cruz de Cristo como forma de terem força para ultrapassar as dificuldades.

Bento XVI afirmou que a experiencia do “sofrimento e da cruz afeta toda a humanidade e naturalmente as famílias. A situação de muitas famílias agrava-se, hoje em dia, pela precariedade do emprego e outras consequências negativas provocadas pela crise económica”.

O caminho da cruz foi também naturalmente assinalado em Jerusalém, onde milhares de peregrinos percorreram as 14 estações da Via Sacra repetindo o calvário de Jesus Cristo até à crucificação.

A Semana Santa culmina neste domingo de Páscoa, com as celebrações da ressurreição.